sábado, 4 de julho de 2015

Soneto Imperfeito















Não escrevo preocupado
com a perfeição da rima,
nem se vai ser “obra prima”...
Me preocupo com o riscado.

Para que escrever o poema?
Tem algum significado?
Por que escolher este tema?
Será que estou dando o ”recado”?

(Isto sou eu me arguindo)
Aí o poema vai surgindo,
até eu dar por findo.

Quando alguém me diz:
que poema lindo!
Pode até estar mentindo,

mas eu fico feliz

A.J. Cardiais
12.05.2015
imagem: google